A notícia mais importante do dia, ilustrada para fazer "Cócegas no Raciocínio" e fomentar a indignação dos que são contra o PACOEPA - Pacto Corruptônico que Envergonha o País.
Frontal341

 

345

“Em meio a interrogações e exclamações, Jair Bolsonaro vai entregando, até o momento, o que havia prometido: um ministério sem interferências partidárias. Poderia cercar-se de auxiliares medíocres. Preferiu encostar suas limitações em personalidades fortes. Três se destacam: o general Augusto Heleno, o economista Paulo Guedes e, sobretudo, o juiz Sergio Moro.

343

Com Heleno, Bolsonaro entregou as Forças Armadas a um estrategista que os militares respeitam muito. Com Guedes, confiou a economia a alguém que pode ser acusado de ultraliberalismo, não de desconhecimento técnico. Com Moro, Bolsonaro impermeabilizou sua futura administração com o verniz da Lava Jato.” (Josias de Souza).

266-1-481x470

.

.

346

.

.

349

.

.

351

.

.

344

.

.

348

.

.

352

.

.

01

Este livro foi publicado em janeiro de 2018 no Brasil, na cidade de Manaus, Estado do Amazonas, onde um juiz plantonista, aproveitando-se do recesso do judiciário, numa decisão esdrúxula e inusitada, resolveu reinventar a censura, determinando “APREENSÃO DOS EXEMPLARES À VENDA, COMERCIALIZAÇÃO, CIRCULAÇÃO e DIVULGAÇÃO DE SEU CONTEÚDO SOB QUALQUER FORMA OU PRETEXTO”.

03

Ampliado com os últimos acontecimentos, SEM FINS LUCRATIVOS, um outro foi publicado a partir dos Estados Unidos da América, país que respeita o direito de expressão e as liberdades democráticas, oportunamente para levar a maçons de um modo geral, sociólogos, médicos, estudantes de todas as áreas, especialmente a jurídica, a não confundirem MAÇONARIA com MAFIONARIA, apesar de falsos maçons atuarem como promotores da mais alta corrupção, principalmente a dos valores ÉTICOS e MORAIS.

Depois de AMEAÇADO DE MORTE fui OBRIGADO a AUSENTAR-ME da CIDADE DE MANAUS por tempo indeterminado.

36

De uma forma romanceada, mas não de ficção, com bastante HUMOR na CÂMARA DE REFLEXÃO ilustrada por MEMES que FAZEM RIR e se indignar (a partir de onde, para relaxar, recomenda-se começar a leitura) é denunciada neste livro a BANDA PODRE DA MAÇONARIA DO AMAZONAS, representada por PAULO ROBERTO FURTADO DE MIRANDA – CIM 207.739 / MARIO LUCIO VENTURA – CIM 248.513 / MIGUEL SINARIO DE SÁ – CIM 253.639 e CID PEIXOTO SOARES – CIM 290.505, ex-futuro candidato a deputado estadual pelo Estado do Amazonas.

Paduam-e-asseclas-2

.

.

Cidao3

.

.

Paduam e asseclas 1

Para receber inteiramente GRÁTIS um exemplar em PDF, deste documento AUTOBIOGRÁFICO, DIDÁTICO, DOCUMENTAL, ESCLARECEDOR e HISTÓRICO, envie em e-mail para camdeab@gmail.com  dizendo: QUERO O LIVRO.

Para compartilhar no face book, clique no primeiro quadro:

0 comments

Deixe uma resposta