A notícia mais importante do dia, ilustrada para fazer "Cócegas no Raciocínio" e fomentar a indignação dos que são contra o PACOEPA - Pacto Corruptônico que Envergonha o País.
Frontal

 

Quando arrombou o imóvel – De Geddel em Salvador, – O agente da Polícia – Foi tomado de um torpor:
– Nós entramos foi num banco! –, Disse ele no corredor.

756
Havia grana em toda parte,
Do telhado até o chão,
Uma cortina foi feita
Com a quantia de 1 milhão
E o papel de se limpar
Seguia o mesmo padrão.

 

 

757
Testemunhando os trabalhos,
Convocaram João Tenente,
Que conhecia Geddel
Desde quando era carente:
Juntou dinheiro tomando
De quem via pela frente.

 

 

755
Ele explicou à Polícia
Que Geddel é cheio de manha:
Enganou quem frequentava
Aquele clube lá da Espanha
E afanou uma rapariga
Na Ladeira da Montanha.

 

 

758
Furtou a bacia de um cego
Na Ladeira de São Bento,
Assaltou um aleijado
Na esquina do convento
E despojou Carga Torta
Do único bem: um jumento.

 

 

761
Não gostava de gastar
Desde os tempos do Cruzeiro,
Fazia como Tio Patinhas
De um jeito bem prazenteiro:
No dia que estava triste,
Se deitava no dinheiro.

 

 

760

Guardava dinheiro em malas,
Em travesseiro e colchão,
Tinha um pacote de notas
Escondido num caixão
Que ele tomou de uma velha
Numa visita ao Sertão.

 

754
De tanto tomar do povo,
Geddel foi se acostumando:
Quanto mais ele tomava,
O prazer ia aumentando,
E ele, sem gastar nada,
Uma fortuna ia juntando.

 

 

762
Desde os tempos de ACM,
Passando em FHC,
Tendo seu cartaz em alta
No governo do PT,
Geddel se achou imbatível
Na arte de enriquecer.

 

 

763
Só que veio a Lavajato
Pôr ordem no cabaré:
Na esquerda ou na direita,
Não tem mais querrequequé,
Roubou é investigado,
Finda preso e algemado,
Não fica um corrupto em pé!

 

748

 

 

 

747

 

 

 

749

 

 

750

 

 

751

 

 

752

 

 

753

PARA COMPARTILHAR NO FACEBOOK, CLIQUE NO PRIMEIRO QUADRO:

0 comments

Deixe uma resposta