A notícia mais importante do dia, ilustrada para fazer "Cócegas no Raciocínio" e fomentar a indignação dos que são contra o PACOEPA - Pacto Corruptônico que Envergonha o País.
001

 

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva protocolou nesta sexta-feira (17) um pedido no STF (Supremo Tribunal Federal) que pode adiar o envio dos processos contra ele na Lava Jato para o juiz Sérgio Moro, em Curitiba. Os advogados querem que as investigações fiquem na Corte até que os recursos que tentam impedir a transferência do petista para a primeira instância sejam julgados.

174

O pedido deverá ser analisado pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF. Nesta semana, além de devolver para Moro os procedimentos que envolvem o sítio em Atibaia e o tríplex no Guarujá, cuja propriedade é atribuída a Lula, o ministro também anulou os áudios em que o ex-presidente aparece conversando com a presidente afastada Dilma Rousseff sobre o envio de um termo de posse para o ministério da Casa Civil.(Diario do Poder).

 

175
“Eduardo Cunha (PMDB-RJ) está convocando os líderes partidários e os deputados que integram seu grupo político a anteciparem a volta a Brasília para segunda-feira. Quer que todos participem de um pronunciamento, seguido de entrevista coletiva, que fará na terça-feira às 11h no Hotel Nacional, em Brasília. A pauta está sendo mantida em sigilo pelo presidente afastado da Câmara.”. (Vera Magalhães e Natália Viri – Radar on-line).

 

176
“Renan Calheiros recebeu R$ 32 milhões de propina vindos de contratos da Transpetro, segundo Sérgio Machado. Do montante, R$ 24 milhões foram entregues em espécie. Cogitando que só notas de R$ 100 tenham sido usadas, a quantia seria suficiente para montar uma pilha de 24 metros de altura, o equivalente a um prédio de oito andares.” (Guilherme Amado).

177
“A delação premiada do ex-deputado Pedro Corrêa traz novos personagens aos esquemas de recebimento de propina no governo federal: o ex-ministro Aldo Rebelo e seu partido PCdoB. Na delação, Corrêa escancarou a roubalheira promovida pelos comunistas sob comando de Rebelo e explica os desvios feitos no Minha Casa Minha Vida. O ex-deputado revela que o partido recebia de 10% a 30% do valor de cada uma das casas construídas pelo programa habitacional.” (Diario do Poder).

 

178

“A decretação do ‘estado de calamidade’ nas finanças do Rio de Janeiro às vésperas das Olimpíadas colocam o Brasil novamente de ponta-cabeça nas manchetes da imprensa internacional. O mergulho do país no insondável parece não ter limites.” (Josias de Souza).

179
“Só em 1996, Henriquinho gastou 1,1 milhão de reais num cartão American Express vinculado a uma conta do banco suíço Union Bancaire Privée. A conta era batizada de 245333HM, sendo as letras referências ao casal Henrique e Mônica.” (Hugo Marques com reportagem de Felipe Frazão- Veja.com).

 

180
“A caciquia do PMDB perdeu o nexo. Ao tratar Sérgio Machado como um patife sem explicar por que um sujeito como ele presidiu em nome do partido uma das mais importantes subsidiárias da Petrobras por quase 12 anos, os pajés peemedebistas estão, no fundo, pedindo à plateia que faça como eles, que se fingem de bobos pelo bem da nação.” (Josias de Souza).

181
“Segundo a Veja, o delator Pedro Corrêa disse o seguinte, ao tratar da propina para a senadora petista: “Ele (Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras) disse que esse gesto (o pagamento de 1 milhão em propina para Gleisi) era para atender à candidata à Presidência Dilma Rousseff, que tinha interesse na eleição de Gleisi para o Senado.” (O Antagonista).

182
“Renan Calheiros parou de pintar o cabelo e assumiu de vez os fios brancos. Nessa toada, ainda acaba parecido com Rodrigo Janot.” (Lauro Jardim).

0 comments

Deixe uma resposta