A notícia mais importante do dia, ilustrada para fazer "Cócegas no Raciocínio" e fomentar a indignação dos que são contra o PACOEPA - Pacto Corruptônico que Envergonha o País.
Frontal

 

“O Centro de Inteligência do Exército fez um monitoramento na Internet e constatou que 95% das postagens sobre o “Caso Mourão” deram apoio ao que declarou o General, independentemente da interpretação distorcida feita por uma minoria raivosa da imprensa que sempre é favorável aos “golpes” e ditaduras de esquerda, como a de Cuba, Venezuela e afins.
01
Traduzindo: a maioria esmagadora do povo brasileiro deseja uma “intervenção” para neutralizar, impedir o avanço e punir o Crime – em suas variadas facetas organizadas e institucionalizadas, desde os mequetrefes do narcotráfico até suas excelências da refinada corrupção. No popular, o desejo majoritário é pela atuação eficiente e eficaz dos “Cabos da Faxina”. Cada um que dá a cara a tapa nas redes sociais deseja, da maneira que pode, contribuir para a limpeza do Brasil. É quase um consenso de que o País tem de ser reinventado em seu modelo estatal, sendo passado a limpo e ficando blindado contra corruptos profissionais ou bandidos pés-de-chinelo.

 

 

885
A maioria cansou do Estado-Bandido. Por isso, clama por Segurança Plena. Seja a Pública e a do Direito (a Democracia). A maioria exige um aprimoramento Constitucional, com uma Carta Magna mais simplificada e com um aparato legal enxuto, que não precise de “interpretações” judiciais para ser entendido e cumprido. A maioria clama por um sistema judiciário que funcione a um custo social menor e de modo mais eficiente. A maioria deseja Voto Distrital e eleições realmente limpas (com urnas eletrônicas que permitam a conferência do resultado também pela recontagem do voto impresso). A maioria cansou de escolher bandidos para fingir que representa o povo.

 

 

02
Estudiosos permanentes da realidade brasileira, por dever de ofício e determinação Constitucional, os Generais (incluindo os da reserva-ativa) compreendem e concordam com a vontade popular. Aliás, é a mesma vontade deles. A maioria quer lutar por um Brasil melhor e mais justo. Este é o espírito daqueles militares profissionais convocados pelos governos para arriscarem suas vidas, promovendo “intervenções” contra narcotraficantes, em nome da Garantia da Lei e da Ordem. Militares não darão “golpes”. Não querem tomar o poder. Só não aceitam que o poder legítimo não seja usurpado por criminosos. Se a situação sair de controle, eles darão todo suporte ao povo esclarecido que já está gerando as pré-condições para a Intervenção Institucional, legitimamente Constitucional. É por isso que os Generais “convocam” os “Cabos da Faxina”, e estes dão todo apoio popular aos militares em seu legítimo papel Constitucional. Quem for a favor do Crime vai rodar na hora da limpeza e do juízo final… “Golpe” quem pratica são os criminosos e seus ideólogos extremistas. A Intervenção Institucional é inevitável. Cada “faxineiro” só precisa fazer a sua parte, do jeito que puder e der…” (Jorge Serrão – Alertatotal).
Enquanto isso a festa continua….

881

 

 

882

 

 

883

 

 

884

 

 

 

886

 

 

887

Este Blog não tem patrocinadores fixos. Se puder contribuir para mantê-lo, faça um depósito de qualquer valor no BANCO ITAÚ – AG. 8271 – C/C 09934-6 – José H. Campos de Abreu – CPF019.898.985-72. Sua contribuição poderá viabilizar a publicação do meu próximo livro “O PEQUENO ARQUITETO DA MAÇONARIA AMAZONENSE”.

PARA COMPARTILHAR NO FACEBOOK, CLIQUE NO PRIMEIRO QUADRO:

0 comments

Deixe uma resposta