A notícia mais importante do dia, ilustrada para fazer "Cócegas no Raciocínio" e fomentar a indignação dos que são contra o PACOEPA - Pacto Corruptônico que Envergonha o País.
001

“Condenado a mais de 24 anos de prisão, na expectativa de mais quatro condenações e abandonado pelo PT e o amigo Lula, o ex-tesoureiro petista João Vaccari Neto, preso na operação Pixuleco, uma das fases da Lava Jato, decidiu abrir o bico.”

128
“Preso há 13 meses, Vaccari está corroído física e psicologicamente, segundo pessoas próximas relataram à revista Veja, cuja edição deste fim de semana noticia a decisão do ex-tesoureiro petista de celebrar um acordo de delação premiada, única saída para não morrer na prisão.” (Diario do Poder).

 

129
“Janot fez menção direta à divulgação recente dos pedidos de prisão contra quatro os principais nomes do PMDB – os senadores Renan Calheiros e Romero Jucá, além do ex-presidente José Sarney e o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha – e chamou de “levianas” as acusações de que o vazamento teria saído da própria Procuradoria-Geral da República (PGR) como forma de pressionar o Supremo Tribunal Federal (STF) a mandar prender os políticos.“ (Gustavo Aguiar e Isadora Peron – O Estadão).

 

130
“O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ofereceu, nesta sexta-feira, 10, a terceira denúncia contra o presidente afastado da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na Lava Jato. O parlamentar é acusado de ter recebido R$ 52 milhões em propina nas obras do Porto Maravilha, no Rio de Janeiro.” (Diario do Poder).

 

131
“Quem convive com ele no Instituto Lula garante que ele não suporta mais o clima de prisões, delações premiadas, condenações e ameaças, inclusive a seus familiares. Não consegue aceitar o que está acontecendo com ele. Em reuniões, mostra-se quase formal, não ri e não faz piadas. Até já aceitou a hipótese de prisão e sabe que será citado em delações, ao lado de Dilma, Antônio Palocci e Guido Mantega, só para começo de conversa.” (Giba Um).

 

132
“Além do presidente afastado da Câmara, Dilma criticou também o presidente interino, Michel Temer: ela reconheceu que seu “maior erro foi ter feito uma aliança com quem não devia”. (Do UOL, em São Paulo).

 

133
“O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), para que o pedido de denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o senador cassado Delcídio Amaral (sem partdio-MS) seja remetido ao juiz Sérgio Moro, na primeira instância.” (Diario do Poder).

134

0 comments

Deixe uma resposta