A notícia mais importante do dia, ilustrada para fazer "Cócegas no Raciocínio" e fomentar a indignação dos que são contra o PACOEPA - Pacto Corruptônico que Envergonha o País.
001

“O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello enviou ao juiz federal Sérgio Moro o pedido de abertura de inquérito para investigar o ex-chefe da Casa Civil no governo Dilma, Jaques Wagner. O pedido partiu da Procuradoria-Geral da República (PGR). Moro é responsável por analisar os processos em primeira instância da Operação Lava Jato.
123
“O ex-ministro foi citado pelo ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró durante depoimento da delação premiada. Segundo Cerveró, Jaques Wagner recebeu propina desviada da Petrobras no ano de 2006, durante campanha para o governo da Bahia. À época, o político assumiu o cargo de governador..” (Diario do Poder).

 

124
“De modo bastante simples, quem cria um truste em benefício próprio é como se usasse o truste como depositário. É como se a pessoa entregasse para o seu gerente de banco o dinheiro para depois recebê-lo de volta. E de modo bastante simples, nós podemos dizer que para esconder quem é o verdadeiro proprietário do dinheiro, os criminosos mais antiquados, mais defasados, usavam ou usam laranjas e testas de ferros. Os criminosos mais modernos, mais sofisticados, usam offshores e trustes”, afirmou Deltan Dallagnol.” (Diario do Poder).

 

125

“Em meio às acusações de que o Planalto estaria agindo para evitar a cassação do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o presidente interino, Michel Temer, negou nesta quinta-feira qualquer interferência do governo no processo por quebra de decoro contra o peemedebista.“( Marcela Mattos – Veja.com).

 

126

“Na denúncia que entregou à Justiça Federal contra a mulher do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a Procuradoria da República sustenta que Cláudia Cruz usou propina paga ao marido no esquema de corrupção da Petrobrás para cobrir elevadas despesas com luxos comprados no exterior. Segundo a acusação, recebida nesta quinta-feira, 9, pelo juiz federal Sérgio Moro, a mulher do parlamentar consumiu US$ 854.387,31 em artigos de grife, como bolsas, sapatos e roupas femininas.” (Fausto Macedo, Julia Affonso, Ricardo Brandt e Mateus Coutinho – Estadão).

 

127

“A jornalista Cláudia Cruz, mulher do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), seria a responsável pela lavagem de cerca de US$ 1 milhão em propinas, convertendo em sapatos e roupas de grife.” (Do UOL, em São Paulo).

0 comments

Deixe uma resposta