A notícia mais importante do dia, ilustrada para fazer "Cócegas no Raciocínio" e fomentar a indignação dos que são contra o PACOEPA - Pacto Corruptônico que Envergonha o País.
CAPA

“Após sete meses de manobras, o deputado Marcos Rogério (DEM-RO) finalmente conseguiu ler seu voto recomendando a cassação do mandato do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no Conselho de Ética.

076

O parecer agora será submetido à análise do colegiado e, se aprovado, seguirá para aval do plenário. Como houve o previsível pedido de vista formulado por aliados de Cunha, a votação só deverá ter início na próxima terça-feira.” (Veja.com).

 

077
“Após três anos de tentativas de conseguir uma audiência com a presidente Dilma Rousseff, o ex-senador Eduardo Suplicy finalmente foi recebido pela petista nesta quarta-feira, 1º, no Palácio da Alvorada. Segundo o ex-senador, o encontro, que durou cerca de 50 minutos, “foi ótimo”. (Diario do Poder).

 

078
“O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) decidiu nesta quarta-feira (1º) aceitar as denúncias contra Camila Ramos de Oliveira e Silva, filha do ex-ministro José Dirceu… …acusada de lavagem de dinheiro por ter tido um imóvel comprado em seu nome, no valor de R$ 750 mil, com dinheiro resultante das propinas pagas pelas empresas formadoras do cartel de empresas que prestavam serviços à Petrobras.” (Diario do Poder).

 

079
“O pedido de cassação de um dos mais influentes políticos do país, o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi acompanhado de emoção e choro entre os principais comandantes do Conselho de Ética. Nesta quarta-feira, ao proferir o voto pela perda do mandato de Cunha, o relator Marcos Rogério (DEM-RO) chegou a interromper o discurso ao ser tomado pela emoção. “Não é fácil nem prazeroso para um parlamentar concluir pela cassação do mandato de um colega”, disse. “Ninguém sabe o peso que é estar na posição desse parlamentar que está aqui hoje”, continuou.” (Marcela Mattos – Veja.com).

 

080
“Renan Calheiros pode ter o mesmo destino de Eduardo Cunha. Rodrigo Janot já teria elementos suficientes para pedir o afastamento do presidente do Senado por tentar interferir nas investigações da Operação Lava-Jato.”

0 comments

Deixe uma resposta