A notícia mais importante do dia, ilustrada para fazer "Cócegas no Raciocínio" e fomentar a indignação dos que são contra o PACOEPA - Pacto Corruptônico que Envergonha o País.
Frontal

 

“Talvez uma única mala não desse toda a materialidade para apontar se houve ou não crime, e quais são os partícipes. Isso poderia ter sido respondido se as investigação tivesse mais tempo. E quem colocou esse deadline foi o Ministério Público Federal.”

191

“O delegado Segóvia já estreou tomando uma bordoada, via Facebook, do procurador federal Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos porta-vozes da Força-Tarefa da Lava Jato: “Sua opinião pessoal é totalmente desnecessária e sem relevância, ainda mais quando dada em plena coletiva após a posse que lhe foi dada pelo próprio denunciado. Lima lembrou que não cabe ao diretor-geral da PF falar sobre investigações, já ele não é responsável por elas, mas apenas o chefe administrativo da instituição”. O ex-Procurador-Geral da República reagiu de modo mais truculento às declarações do delegado Segóvia: “Ele é mesmo um pau mandado”.

 

 

176

 

183

 

 

188
Outra polêmica que rende: a libertação dos “onestíssimos” deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi determinada pelo “tribunal” da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro.

 

180

O supremo ministro Luiz Fux – como se diz na gíria – meteu a mala no vergonhoso ato dos parlamentares solidários aos companheiros nas coisas erradas. Fux já antecipou qual tende a ser a posição do STF no imperdoável episódio:

 

 

187

“Eu entendo que essa é uma decisão lamentável decorrente de uma interpretação incorreta feita em razão da decisão do Supremo Tribunal Federal. Eles (Alerj) se basearam nessa decisão para entender que os deputados estaduais têm as mesmas imunidades dos congressistas federais.

 

178
Entretanto, houve, no caso federal, uma provocação do judiciário. E as assembléias estaduais estão utilizando de maneira vulgar e promíscua essa decisão do Supremo sem provocação. É uma decisão lamentável, que desprestigia o Poder Judiciário, gera sensação de impunidade e que certamente será revista pelo Supremo Tribunal Federal.” (Jorge Serrão – Alerta Total).

Vida que segue:

182

 

 

179

 

185

 

 

186

 

 

193

 

192

 

 

 

190

 

 

181

 

 

189

 

184

 

177

Bom dia amigos, irmãos maçons e internautas de todo o Brasil. Estou em campanha para reduzir os custos da publicação do meu livro “O PEQUENO ARQUITETO DA MAÇONARIA AMAZONENSE”. Cada contribuição de 100 reais fará jus a um exemplar que será enviado via SEDEX em 21 de janeiro de 2018, dia do lançamento em Manaus, Amazonas, na Praça do Congresso a partir das 10 horas da manhã, onde será vendido a 50 reais. Basta enviar o comprovante do depósito com endereço para: -(camdeab@gmail.com)- Banco Itau – Ag. 8271 c/c 09934-6 José Abreu Tel.(92) 99985-0908.

LIVRO 4

PARA COMPARTILHAR NO FACEBOOK, CLIQUE NO PRIMEIRO QUADRO:

 

0 comments

Deixe uma resposta