A notícia mais importante do dia, ilustrada para fazer "Cócegas no Raciocínio" e fomentar a indignação dos que são contra o PACOEPA - Pacto Corruptônico que Envergonha o País.
Padrao Frontal

 

020

“Um comentário do advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, criticando a ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) vazou de 1 grupo de advogados do WhatsApp. Kakay escreveu sobre a política de abstinência sexual defendida por Damares para prevenção da gravidez na adolescência. “Foi uma pena os pais desta idiota não terem feito o que ela prega. Se não tivessem trepado, estaríamos livres dela”, afirmou o advogado no grupo nomeado “Liga da Justiça”.

003

Ao Poder360, Kakay disse que não se arrepender do conteúdo de seu comentário a respeito da ministra. “Errei ao me manifestar sobre ela não no conteúdo do que falei” , declarou. Chamou o episódio de “situação infeliz“.

018

“Fiz realmente esta observação. Não tenho porque discutir com esta mulher. Não sei nada dela. Não a respeito como ministra. Devoto-lhe solene desprezo. […] Esta senhora eu nunca deveria ter sobre ela me manifestado. Errei. Foi 1 espanto frente a tamanha mediocridade. Perplexidade! Meu Deus! Que tempo triste!“, disse.

014

O criminalista, conhecido por atuar na defesa de políticos e por suas sustentações em julgamentos no STF (Supremo Tribunal Federal), disse também que deixou de fazer parte do grupo de WhatsApp de onde as mensagens vazaram.

019

Damares usou o Twitter na noite desta 6ª feira (31.jan) para lamentar os comentários de Kakay. “O que poderia ter gerado tanto ódio desse senhor por mim?“, questionou. No domingo (26.jan.2020), a ministra havia comentado o episódio em sua página no Facebook texto no qual, sem mencionar Kakay nominalmente, rebateu críticas e ofensas dirigidas a ela na esteira da proposta de abstinência sexual para jovens.

009

“O que tenho sido atacada por homens loucos que destilam ódio a mulheres já passou do limites. Ontem, em 1 grupo de WhatsApp, 1 famoso advogado, conhecido em todo o Brasil, disse coisas absurdas sobre mim. Uma delas foi que meus pais ‘devem ter transado de 4 para terem gerado esta aberração’. Este é mais 1 exemplo de violência política!“, escreveu Damares.

008

O comentário mencionado pela ministra teria sido feito pelo advogado Felipe Zanchet, segundo reportou a Veja, em resposta à mensagem de Kakay no “Liga da Justiça”. Ainda de acordo com a revista, Zanchet se retratou após o comentário.

025

“Retrato-me do que ali dito. Compreendo que as palavras de baixo calão ali expostas excederam a crítica política e são deselegantes para qualquer mulher, mais em se tratando de uma ministra de Estado, advogada e líder religiosa”, escreveu Zanchet.” (PODER360).

013

.

.

026

.

.

997

.

.

010

.

.

011

.

.

017

.

.

 

998

.

.

007

.

.

016

.

.

002

.

.

004

.

.

024

.

.

995

.

.

999

.

.

001

.

.

015

.

.

996

.

.

1000

.

.

023

.

.

021

.

.

005

.

.

012

.

.

022

.

.

006

Para compartilhar no face book, clique no primeiro quadro:

0 comments

Deixe uma resposta